"Eu não tenho muitas respostas.
O que eu tenho é Fé.
E uma vontade bonita, toda minha, de crescer."

domingo, 28 de agosto de 2011

(...) eu tive que ficar quieta no meu canto, toda lacerada pela falta. Foi um período solitário em que vivi o luto necessário. Ele nem desconfiou que eu também estava triste, talvez se sentisse melhor se soubesse. Mas eu tinha que fazer valer minha palavra, demorei muito tempo tomando coragem. Demorei muito tempo desparafusando aquela gaiola e, depois, reaprendendo a voar.

Tive ímpetos de escrever 
uma carta falando das qualidades dele, de tudo que havia me feito crescer. Mas quando fui escrever só consegui dizer: desculpe, não se pode negociar com a paixão. Porque eu também não entendo às vezes esses caminhos que a vida tece. E nós que morávamos um no outro, ficamos sem casa. 


[Marla de Queiroz]

E mesmo sorrindo por aí,cada um sabe a falta que o outro faz...

'Eles se amam, todo mundo sabe mas ninguém acredita. Não conseguem ficar juntos. Simples. Complexo. Quase impossivel. Ele continua vivendo sua vidinha idealizada e ela continua idealizando sua vidinha. Alguns dizem que isso jamais daria certo. Outros dizem que foram feitos um para o outro. Eles preferem não dizer nada. Preferem meias palavras e milhares de coisas não ditas. Ela quer atitudes, ele quer ela. Todas as noites ela pensa nele, e todas as manhãs ele pensa nela. E assim vão vivendo até quando a vontade de estar com o outro for maior do que os outros. Enquanto o mundo vive lá fora, dentro de cada um tem um pedaço do outro. E mesmo sorrindo por ai, cada um sabe a falta que o outro faz. Nunca mais se viram, nunca mais se tocaram e nunca mais serão os mesmos. É fácil porque os dias passam rápidos demais, é dificil porque o sentimento fica, vai ficando e permanece dentro deles. E todos os dias eles se perguntam o que fazer. E imaginam os abraços, as noites com dores nas costas esquecidas pelo primeiro sorriso do outro. E que no momento certo se reencontram e que nada, nada seja por acaso.'



L i este texto no blog:tempo de travessia.

O coração tem mais espaço do que geralmente a gente costuma supor e ousa utilizar.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011


"Sempre fui sentimental e nunca levei adiante relações em que não estivesse emocionalmente envolvida, e por mais que eu pareça ser durona, é apenas fachada. Só eu sei o quanto já sonhei em ser uma princesa resgatada da torre de um castelo."

(Martha Medeiros - Fora de Mim)

Que seja e que venha doce...


Coração aberto, pra felicidade entrar.
Novos ares, novos olhares, pronta pra [re]amar.
Desarmada para as coisas boas. Que venha o tal do amor. ‘De mim por mim’, em primeiro lugar.
Sorrisos que vem de dentro. Renovando sentimentos, jogando fora velhas mágoas, velhas esperas, o velho querer.
Livre para. (seja lá o que vi[v]er.) 
E diariamente, mentalmente, eu repito: E que venha doce, e que seja leve.
Que chegue devagar. Amor daqueles de perfumar a alma todinha, e fazer coração se encher de flores e cores. Assim.
Então eu abri as cortinas da vida, e o sol entrou com força ocupando todos os espaços de mim.
Não dou mais lugar pra sombra morar. A luz da nova vida, ofuscou a escuridão que o passado me deixou de presente.
Os dias seguem nublados lá fora, mas dentro de mim, o sol está de cegar qualquer sentimento ruim.
Encontrei a tal paz, baby.
 E ela veio pra ficar!

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Por que sem você.Cadê eu?





"Antes de você, minha vida era uma noite sem lua. Muito escura, mais havia estrelas... Pontos de luz e razão... E depois você atravessou o meu céu como um meteoro. De repente tudo estava em chamas, havia brilho, havia beleza.
Quando você se foi, quando o meteoro caiu no horizonte, tudo ficou negro. Nada mudou, mas meus olhos ficaram cegos pela luz. Não pude mais ver as estrelas e não havia mais sentido para nada."

domingo, 21 de agosto de 2011

Frase do filme"Procurando Nemo"

"Por favor, não vai embora. Ninguém nunca ficou comigo por muito tempo antes. Eu só me lembro de coisas boas que aconteceram com a gente. Quando eu olho para você eu estou em casa, eu me sinto em casa. Por favor, eu não quero que vá embora. Eu não quero esquecer."

Frase do filme" Antes que termine o dia"

" Eu te amo desde que te conheci, mas não me permiti sentir isso verdadeiramente, eu estava sempre um passo a frente, tomando decisões pra me livrar do medo, só que hoje, pelo que aprendi com você, cada escolha foi diferente e a minha vida, mudou completamente. Eu aprendi, que quando se faz isso vive-se inteiramente, e que não importa se você tem 5 minutos ou 50 anos. 
 Se não fosse por hoje ou por você, eu nunca conheceria o amor, então obrigado por ser a pessoa que me ensinou a amar e ser amado."

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Que saudade do meu passado...

   Hoje,vasculhando minhas bagunças encontrei uns poemas que eu escrevia quando eu tinha uns quinze anos.É incrível como a visão das coisas vão mudando de acordo com a idade,quando se é adolescente tudo é definitivo,tudo é para sempre,até crescermos e descobrirmos que o "pra sempre" sempre acaba...

                   Eterna Espera


   Que saudade.Daquela voz,do cheiro,dos beijos.Desde a última vez que nossos lábios se tocaram,as 
lembranças me atormentam,ainda lembro do brilho daqueles olhos quando seus lábios falaram:
   _ Estava com saudade!
   Mesmo sem saber se é verdade e acreditando que seja mentira meu coração doe de tanta vontade
de beijá-lo a todo instante.Sempre após cada beijo eu tenho que vê-lo partir,e após cada partida
restam a minha dor,os nossos gestos,as poucas alegrias,a música que tocavam as batidas do meu 
coração e as lembranças dos meus encontros com ele.
   Neste momento só queria olhar aqueles olhos negros embriagantes e dizer:
   _Seria capaz de viver tudo contigo novamente,sem mudar uma atitude que seja,porque minha existência só fez sentido no momento em que você entrou em minha vida,até que emergi da "morte" e ingressei no desejo sublime que é você!
   Quando o beijava,flutuava e procurava assegurar-me de que eu e o resto do mundo éramos 
reais,sólidos,seres vivos;se nos espetássemos iríamos sangrar.Se nos matássemos,morreríamos.
Tentava me convencer de que o desejo que sobre mim pairava não existia fora das atitudes 
fantásticas e distorcidas daquele homem.
   As vezes me pergunto:"O que acontece quando o dedo do destino não escreve?
O que acontece quando o que resta é só silêncio?
Devo romper tal silêncio? Ou devo situar no tempo e no espaço uma história que até mesmo eu sei que é melhor esquecer?"
   Não importa,o dedo do destino sempre escreverá enquanto houver vida.E tendo escrito,cabe a mim viver esta história povoada de grandes esperanças,derrotas,amores e a morte das minhas ilusões,que é aquecida por meu amor por aquele homem maravilhoso.
   Por quem esperarei até o fim...
                                                                                                 By:Erika;28/03/03

Sentiria saudades suas até mesmo sem te conhecer!


'A vida não é feita dos momentos em que você respirou, mas sim dos momentos em que você perdeu o fôlego.'