"Eu não tenho muitas respostas.
O que eu tenho é Fé.
E uma vontade bonita, toda minha, de crescer."

sexta-feira, 27 de maio de 2011

"Quando não tenho notícias dele, é como se morresse. É como se o ar fosse retirado dos meus pulmões."

Mesmo quando essas notícias é vê-lo feliz com a mulher que ele ama...
              como ainda dói...

Nenhum comentário: