"Eu não tenho muitas respostas.
O que eu tenho é Fé.
E uma vontade bonita, toda minha, de crescer."

segunda-feira, 16 de maio de 2011

O despertar!

Dissera ele:
-Prometo que essa será a última vez que vai me ver.Não voltarei.Você poderá seguir com sua vida sem qualquer interferência minha.Será como se eu nunca houvesse existido.
Ele se fora...
Onde ele está é o melhor lugar para mim.Ele foi a melhor parte da minha vida!
E foi como se tivesse morrido.Porque foi mais do que apenas perder o mais verdadeiro dos amores verdadeiros,como se isso não fosse bastante para matar alguém.Também foi a perda de todo um futuro,de toda uma vida que escolhera...
Tive medo de me acostumar com aquela dor.
As ondas de dor me assaltava e com força, e inundaram minha cabeça,puxando-me para baixo.
E não voltei a superfície por muito tempo...
Mas o tempo passa.Mesmo quando isso parece impossível.Mesmo quando cada batida do ponteiro dos segundos dói como o sangue pulsando sob um hematoma.Passa de modo inconstante,com guinadas estranhas e calmarias arrastadas,mas passa.
Até para mim!

Nenhum comentário: