"Eu não tenho muitas respostas.
O que eu tenho é Fé.
E uma vontade bonita, toda minha, de crescer."

sábado, 19 de março de 2011

  Amanheci triste. Mentira. Estou triste há um tempo. Ah! É a tpm... Mentira de novo, que tpm dura uns 2 meses?
A verdade é que estou muito triste. Até tenho uma dor na alma. É angustia com frustração, um pouco de arrependimento e um tanto de ódio.
  Se não fosse a dor na minha alma, eu continuaria calada como eu fiz até hoje. Dormiria e acordaria como todo dia faço, sem ter muito que conversar ou mesmo falaria de coisas banais, que não se chega a lugar nenhum, que não acrescenta nadinha na minha vida ou mesmo na sua.
  Queria ter alguém para me ouvir. Só me ouvir, não precisa falar nada, é só fazer aquela cara de interessado e pronto aí eu mando ver.
  Falo de tudo que vem me afligindo me incomodando, até choro sem fazer escândalo. Choro aquele choro doído e caladinho, onde as lágrimas descem sem que a pessoa faça nenhum barulho.
  Prometo não molhar o ombro amigo que você está me emprestando. Serão algumas lágrimas para ver se essa dor pára de doer. Também pode ser falta de amigo, de aconchego, de alguém que me diga que sou importante. Mesmo que seja mentira. Algumas mentiras salvam vidas e algumas verdades acabam com impérios.
  Queria mesmo lhe contar como foi meu dia, o sonho que tive a noite após aquela terrível insônia que me fez companhia até as 2 da matina. Aproveitei para pensar e não conseguí. Não sabia que estava me incomodando mesmo. Mais fiquei lá rolando na cama, com a mente vazia, e a bendita dor doendo. Insistentemente, sem trégua.
  Fiz alguns planos, que pela manhã não lembrava mais. Mentira. Eu me lembro sim. E sei que você vai gostar deles.Hoje decidi definitivamente esquecer você.Hoje é sábado!

  E como diz a música:"Todo mundo espera alguma coisa de um sábado a noite!"
  Mesmo doendo tanto eu decidi que vou viver!
       By: Erika xavier  

Nenhum comentário: